Conheça Lília Fernandes

           Minha história na dança do ventre pode ser descrita como um resgate. Do ballet clássico, passando pelo jazz e danças de salão, fiquei longos anos sem dançar, dedicando-me à família, trabalho e desafios do cotidiano, como tantas mulheres. Quando já tinha meus três filhos, fiz uma aula na maratona do Zahra e foi amor à primeira vista: pelas músicas, pelos movimentos, convivência com mulheres maravilhosas e um grande bem-estar físico e emocional.

           Minha história já completou 10 anos e, entre aulas, estudos e muito aprendizado, tornei-me professora desta arte maravilhosa e gratificante.

           É inegável que a dança do ventre seja naturalmente feminina e sensual, com um incrível poder terapêutico e transformador! Minha forma de dançar é bastante leve e descontraída, uma bailarina que se entrega aos movimentos como forma de compartilhar alegria e gratidão pela vida!

"Costumo dizer às alunas que é a alma que dança,

mas o corpo, essa ferramenta divina, é que expressa

as emoções e a técnica aprendida em sala de aula e nos estudos de cada bailarina. Vamos dançar?"

Lília Fernandes